Destaques

Parque do Piqueri

Histórico

A antiga chácara do Piqueri, que deu origem ao Parque, foi implantada em 1927 pelo Conde Francisco Matarazzo. Ela situava-se junto à foz do ribeirão do Tatuapé, que deu nome ao bairro e constituía-se de uma casa sede, pomar, granja, criação de diversos animais, entre eles búfalos, lhamas e veados, além de uma fábrica de queijos e uma área destinada às Indústrias Matarazzo. Particular atenção foi dispensada à vegetação, foram plantadas mais de 50 espécies de árvores – nativas e exóticas – procurando-se observar aquelas que melhor se aclimatavam em São Paulo. Em 1954 uma parte da chácara foi vendida e, em 1971 o restante foi declarado de utilidade pública, pela municipalidade, em reação aos atos de depredação da vegetação que ocorriam no local. Em 1976, a área foi definitivamente incorporada ao patrimônio municipal. A inauguração do parque ocorreu em 16/04/1978. Criado em 16 de abril de 1978, o Parque do Piqueri fica num local denominado Chácara do Piqueri, implantado pelo conde Francisco Matarazzo, em 1927. Seu uso foi regulamentado pela Portaria nº 16/DEPAVE/78.

Área

O Piqueri tem 97.272 m2 de área, distribuídos por: 78.942 m2 de vegetação implantada, 11.174 m2 de piso permeável, 3.637 m2 de piso permeável, 2952 m2 de lago e 567 m2 de edificações.

Flora

Predominam os canteiros com espécies arbustivas e herbáceas ornamentais, bosques implantados, alamedas e gramados. São áreas reflorestadas com eucaliptos, uma belíssima alameda de sibipirunas e um bosque, com árvores nativas como palmeiras, suinãs, paineiras e alecrins-de-campina, e exóticas, como bambús e espatódeas.

Fauna

Como na maioria dos parques da cidade, há diversos tipos de aves. Destacam-se as espécies aquáticas silvestres que beneficiam-se da grande quantidade de peixes do lago artificial existente no parque, dentre elas o socó-dorminhoco, a garça-branca-grande e o martin-pescador, bem como os irerês, aves migratórias atraídas pela oferta de alimento e abrigo. Exemplares de mutum-de-penacho, ave ameaçada de extinção, também são mantidos na área que circunda o lago. Diversas espécies de passarinhos, como cardeais, sabiás-laranjeira, bem-te-vis, tico-ticos e a coruja-orelhuda também vivem no parque.

Infra-estrutura

bicicletário para 20 vagas, 30 bebedouros, Áreas de estar, 2 comedouros para pássaros, 26 lixeiras, 32 mesas bancos, 3 sanitários;

Lazer

pista de cooper com 1000 metros, 2 campos de bocha oficial, campo de futebol de areia, campo de malha oficial, quadra de vôlei de praia de areia, 2 quadras poliesportivas, 4 aparelhos de ginástica, 3 playgrounds, 2 tanques de areia;

Paisagem

lago, viveiro de mudas.

Freqüência de Usuários

Endereço Rua Tuiuti, 515 - Tatuapé - Zona Leste 
CEP: 03081-000
Fone/Fax: (0xx11) 6197-2213

Horário de Funcionamento: das 6h às 18h / 6h às 19h (verão)

São Paulo Antigamente | Fundação da Cidade de São Paulo | História de São Paulo | José de Anchieta | Manoel da Nóbrega | Tamanduateí Anhangabaú Largo São Francisco | Paissandú Largo | Praça da Sé |Praça da República | Praça Ramos de Azevedo | Praça Patriarca

AddThis Social Bookmark Button